Anti-Envelhecimento

Itens 1 para 15 de 28 total

por página
Página:
  1. 1
  2. 2

Tabela  Lista 

Direção Descendente

Itens 1 para 15 de 28 total

por página
Página:
  1. 1
  2. 2

Tabela  Lista 

Direção Descendente

O QUE SÃO:

Os suplementos anti-Envelhecimento estão classificados em vitaminicos, hormonais e nutritivos. Os vitaminicos são devido algumas vitaminas desempenhamram atividade antioxidantes fortesem áreas especificas. Os hormonais ajudam o corpo a manter a produção hormnal em alta quando ocorre o declinio pela idade. Os nutritivos são alimentos que fornecem nutrientes que ajudam a manter as celulas e hormonios em dia.

PARA QUE SERVE:

Os suplementos anti-Envelhecimento são desenvolvidos focando na reposição imediata de nutrientes chaves. Os quais são responsaveis por aumentar a atividade protetora natural das celulas e também hormonais. Desta forma fornecendo aocorpo as ferrramentas necessárias para um melhor atividade rejuvenescedora.

Hoje em dia, os métodos para prevenir o envelhecimento são inúmeros. Em forma de cremes ou cápsulas, você encontra diversas fórmulas que ajudam a combater rugas, manchas e outras marcas que são resultados da idade. Aqui você encontra medicamentos com efeito anti-envelhecimento que agem hidratando a pele, estimulando a renovação de células, melhorando o nível de proteínas do corpo, entre outros.

SINAIS DE ENVELHECIMENTO:

Os tratamentos anti-idade evitam que os sinais do envelhecimento apareçam, como rugas, linhas de expressão, flacidez, perda da hidratação natural e manchas na pele. Todos eles são espontâneos, consequência das agressões diárias que nossa cútis sofre e nos afetam cada vez mais conforme o tempo passa. Por isso, devemos tomar cuidados para diminuir e minimizar esses efeitos, mantendo a pele mais jovem e saudável.

O ideal para evitar os sinais da idade é cuidar da pele com produtos específicos para as necessidades dela. Você não precisa utilizar um produto mais potente do que o que sua pele realmente necessita, pois ele pode não fazer efeito e até causar irritações, dependendo do dermocosmético utilizado (como os que possuem grandes concentrações de ácido se utilizados em peles jovens, por exemplo). Por isso, procure sempre um dermatologista para que ele indique o tratamento ideal.

ENVELHECIMENTO PRECOSE DA PELE:

O envelhecimento precoce da pele acontece quando, além do envelhecimento natural provocado pela idade, existe uma aceleração da formação de flacidez, rugas e manchas, o que pode acontecer como consequências de hábitos de vida e fatores ambientais.

Para evitar o envelhecimento precoce e manter a pele do rosto e corpo mais firme e e hidratada por mais tempo, é recomendado focar em atitudes como ter uma alimentação rica em vegetais, beber muitos líquidos, sempre remover a maquiagem e fazer limpeza e tratamentos de pele, por exemplo, pois além aumentarem os níveis de antioxidantes, que são nutrientes que combatem o envelhecimento através da neutralização dos radicais livres, deixam a pele com um aspecto mais jovem e saudável.

Principais causas: O envelhecimento precoce da pele pode acontecer devido a diversas situações e acontece quando há aumento da quantidade de radicais livres produzidos e circulantes no organismo, trazendo prejuízos à saúde dos tecidos.

Assim, algumas das situações em que há aumento da quantidade de radicais livres e que estão diretamente relacionados com o envelhecimento precoce são exposição solar em excesso sem proteção, poluição, hábito de fumar, sedentarismo, estresse e má alimentação.

Sintomas de envelhecimento da pele:

  • Rugas e linhas de expressão nas testa, ao redor dos lábios (bigode chinês) e olhos (pés de galinha): surgem devido à perda de colágeno e elastina, fazendo com que a pele deixe de ter a firmeza habitual e surjam falhas;
  • Manchas escuras: são causadas devido à exposição solar excessiva e sem fotoproteção, já que os raios UV são agressivos à pele, ou também devido alterações hormonais em mulheres grávidas ou idosos, que estimulam a pigmentação;
  • Flacidez em excesso: o envelhecimento precoce torna a pele mais fina e sem firmeza, devido à falta de hidratação e perda da sua camada de gordura, o que a torna sem brilho e vitalidade. 
  • Presença de olheiras: a região ao redor dos olhos sofre bastante o efeito do envelhecimento, por isso, olheiras intensas ou com piora podem ser um sinal de que a pele não está saudável.

POR QUE A PELE ENVELHECE:

A pele envelhece por razões biológicas, como a queda do ritmo de renovação celular, e outras extrínsecas, por exemplo, a poluição, a ação da radiação ultravioleta e o excesso na ingestão de álcool. Daniela explica que, em linhas gerais, os seguintes

aspectos fazem parte do processo de envelhecimento:

Movimentos musculares: A pele é constantemente estimulada por movimentos repetitivos e contínuos. Com o passar do tempo e de acordo com a expressão facial da pessoa, as contrações formam rugas e marcas de expressão.

 Alterações celulares: A renovação celular é fundamental para a saúde da pele. Há uma substituição nas primeiras camadas epidérmicas, o que deixa a pele mais uniforme. Ao longo da vida, a renovação torna-se lenta e menor, ocasionando aspecto irregular na pele. As linhas de expressão tornam-se mais aparentes.

 Alterações hormonais: Enquanto envelhecemos, ocorre diminuição no nível dos hormônios sexuais, como o estrogênio e a testosterona. Nas mulheres, a redução do estrogênio, quando tem início o período da menopausa, causa danos como o afinamento da pele e a diminuição de sua elasticidade.

 Fatores inflamatórios e oxidação: Estresse, poluição e radiação UV, entre outros fatores, ativam o processo inflamatório que, com o decorrer do tempo, faz que haja degradação de forma acelerada do colágeno e da elastina. Fatores internos e externos levam ao dano no DNA celular, retardando o processo de regeneração das células.

 Glicação: O açúcar (exógeno, no caso dos alimentos, e endógeno, em razão do diabetes) que se fixa nas fibras de colágeno e de elastina enrijece essas estruturas, deixando a pele sem elasticidade. O processo é irreversível.

ENVELHECIMENTO DO CORPO:

Assim como a face, o corpo também passa pelo mesmo processo de envelhecimento, com aparecimento de rugas, manchas, flacidez e ressecamento. Os efeitos são mais intensos nas áreas expostas, como mãos, braços, colo e pescoço. O corpo vai diminuindo a produção de colágeno, o que resulta na flacidez corporal, uma das características mais comuns do envelhecimento.

Para evitar o envelhecimento corporal, praticar atividades físicas, equilibrar a alimentação, manter o corpo hidratado e não esquecer do protetor solar para o corpo são orientações fundamentais para retardar os sintomas.

Se você já apresentar algum sinal de envelhecimento na pele, seja ela na parte corporal ou facial, é recomendado utilizar dermocosméticos com ativos capazes de uniformizar a textura da pele e recuperar seu viço, como esfoliantes corporais. Além disso, alguns tratamentos estéticos podem ser indicados pelo seu dermatologista para potencializar os efeitos dos dermocosméticos. 

DICAS DE PREVENÇÃO:

Para prevenir que esses sinais do envelhecimento da pele apareçam, existem algumas atitudes bem simples que podem te ajudar. A primeira delas é lavar o rosto todos os dias, retirando os resíduos de produtos e também sujeiras acumuladas durante o dia, utilizando um sabonete específico para a sua pele.

O filtro solar é seu melhor amigo, por isso, oriente seus filhos a o utilizarem desde novos, já que esse hábito previne os efeitos prejudiciais da radiação solar sobre a cútis. Use sempre um protetor solar antes da maquiagem ou até um filtro solar com base, para proteger a pele da luz visível.

Além disso, ter uma alimentação saudável e equilibrada é importante para prevenir o envelhecimento precoce, por isso, consuma frutas, verduras, legumes e evite alimentos industrializados, cheios de açúcar e sódio.  Exercícios físicos também devem fazer parte de sua rotina, pois melhoram a circulação sanguínea e a imunidade, deixando a pele tonificada e viçosa.

IMPORTÂNCIA DE USAR PRODUTOS ANTIENVELHECIMENTO:

O uso de produtos antienvelhecimento é indispensável para os cuidados com a pele. Eles atuam na primeira camada da derme e alguns dermocosméticos chegam até a segunda camada. A ação desses cremes deixa a pele com mais luminosidade e elasticidade, reduz rugas finas e ainda podem preencher as áreas com sulcos leves - depressões situadas na superfície da pele, sendo marcas mais profundas que as rugas de expressão.

COMO OS CREMES ANTIENVELHECIMENTO ATUAM NA PELE:

Os produtos ajudam a reter água e a regenerar as células lesadas por agressões diárias. Existem dois processos super importantes que aceleram o envelhecimento: o processo de glicação e o processo de formação de radicais livres. O primeiro ocorre por ação da glicose vinda da nossa alimentação que se liga às fibras de colágeno, levando à destruição das mesmas. Já o processo de formação de radicais livres, acontece por acúmulo de metabólitos tóxicos de oxigênio, principalmente após os 25 anos de idade, que são causados pela poluição, estresse, sedentarismo, tabagismo e ingestão de bebidas alcoólicas.

TIPOS DE PRODUTOS:

Os cremes anti-idade são apresentados em diversas formas. As mais comuns são:

- Loções;
- Cremes;
- Séruns.

Cada um desses tipos de produto deve ser utilizado em condições diferentes. Saber escolhê-los é, portanto, fundamental para obter o sucesso no tratamento. Na maioria das vezes, o seu dermatologista recomendará um tipo de produto baseado nas características de sua pele.

Os cremes, por exemplo, são mais indicados para indivíduos que têm a pele mais seca e são, na maioria das vezes, muito mais pesados e hidratantes. Eles também são mais recomendados para quem já tem algum sinal de envelhecimento.

Os séruns, por sua vez, são muito mais leves e normalmente indicados para as pessoas que buscam um tratamento preventivo. Eles podem, no entanto, também ser utilizados por quem está tratando os sinais do envelhecimento.

Além disso, esse tipo de produto é altamente indicado para quem tem a pele mista ou oleosa. Isso acontece porque ele tem uma absorção muito superior e não deixa a cútis com o aspecto ‘’melequento’’ que a maioria dos cremes traz para quem lida com a oleosidade excessiva.

COMPOSIÇÕES MAIS COMUM:

Os cremes antienvelhecimento normalmente utilizam, em sua composição, ingredientes que auxiliam na proteção celular e ajudam na limpeza da pele de dentro para fora. Esses compostos e substâncias podem ser completamente sintéticos ou extraídos de forma natural de plantas, como frutas, flores e sementes.

Algumas das substâncias mais utilizadas em produtos desse tipo são:

- Acido retinóico (ou retinol);
- Niacinamida;
- Ácido glicólico;
- Ácido kójico;
- Ácido ascórbico (vitamina C);
- Ácido hialurônico;
- Vitamina E;
- Ácido ferúlico;
- Resveratrol.

CREMES ANTIENVELHECIMENTO:

O que é: Os cremes antienvelhecimento, também conhecidos como anti-idade, são aqueles que são utilizados tanto para reverter alguns danos já existentes na pele (como, por exemplo, a presença de linhas de expressão) como também atuando na prevenção desses danos antes mesmo que eles ocorram.

O envelhecimento de nossa pele pode ocorrer por uma série de fatores. Na maioria das vezes, ele está ligado aos danos ocasionados nas células cutâneas, seja por fatores internos (como uma alimentação inadequada, falta de sono de qualidade ou o abuso de substâncias como a nicotina) ou externos (principalmente os raios ultravioletas).

Todos os fatores citados acima podem, a curto ou longo prazo, fazer com as células de nossa pele sofram pequenas mutações em seus DNAs ou até mesmo se desnaturem de forma definitiva, alterando a sua forma.

Com isso, a aparência de nossa pele muda a olho nu, com o surgimento das rugas, linhas de expressão ou manchas típicas da idade.

Como age em nossas peles: Os produtos anti-idade agem em nossa pele de várias formas diferentes. Os principais mecanismos observados são:

- Proteção direta contra os raios ultravioletas;
- Criação de uma proteção extra ao DNA das células da pele;
- Ação clareadora;
- Proteção contra o aparecimento de manchas;
- Ativação extra do colágeno, proteína que deixa a pele mais firme e viçosa.

Como podemos observar, compostos distintos agem de diferentes maneiras em nosso organismo. Por isso, a maioria dos cremes antienvelhecimento têm uma combinação de ingredientes que busca atuar nas mais diversas frentes, fornecendo uma cobertura completa aos efeitos nocivos que o envelhecimento da pele pode trazer para a aparência de nossos rostos.

Como escolher a melhor opção: O processo de escolha de um bom creme anti-idade deve ser feito com muita cautela e sempre acompanhado pelas opiniões de um médico dermatologista de confiança, que avaliará o seu caso de forma personalizada.

É sempre importante conhecer bem a própria epiderme e saber qual é o tipo de produto mais indicado para ela. Se a sua pele for seca, por exemplo, é mais recomendado que você utilize produtos com alta potência hidratante, já que a desidratação é um fator de risco para o envelhecimento cutâneo.

No caso de peles jovens, oleosas e com tendência a desenvolver acne, o uso de séruns ou loções pode ser mais interessante, especialmente caso ainda não existam sinais de envelhecimento. Por conta disso, esse tipo de produto é mais recomendado às pessoas que têm entre 25 e 35 anos de idade.

Outro fator muito importante é verificar o histórico das marcas compradas e optar sempre por aquelas que são referência no mercado e que utilizam novas tecnologias e produtos preferencialmente naturais, que são mais biodisponíveis (ou seja, mais aceitos pelo nosso organismo).

Como podemos observar, os cremes antienvelhecimento são produtos completamente revolucionário e que agem de muitas formas diferentes em nossas peles, seja tratando os danos já existentes ou prevenindo-os antes mesmo dos primeiros sinais. Por isso, comece o quanto antes a utilizar esse tipo de item e observe de perto os resultados magníficos que eles trazem!

CREMES ANTI-IDADE:

Do que são formados: A grande diferença desses cremes para os antioxidantes é a composição. È possível encontrar substâncias um pouco mais agressivas, como o ácido glicólico.

Além desse ácido, é possível encontrar substâncias antioxidantes também, só que em maior quantidade. Por isso, esse tipo de produto é indicado para pessoas acima dos 35 anos.

Também pode entrar na composição o ácido retinoico, que é mais agressivo que o glicólico, possuindo grande quantidade de vitamina A. Cremes com essa característica são indicados para pessoas acima dos 45 anos.

Essa substância não só aumenta a síntese de colágeno, como reduz a espessura da pele e ainda realiza o clareamento dela.

Como atuam na pele: O ácido glicólico possui ação antioxidante e, dessa forma, desacelera o envelhecimento cutâneo e também aumenta a formação de colágeno.

Oferece a função de um poderoso esfoliante, indicado para peles mais resistentes e claras.

Já o ácido retinoico atua especificamente em células da pele, diferentemente de outras substâncias e, por isso, é considerado pelos cientistas como o mais promissor produto para o tratamento do envelhecimento.

Benefícios: Os benefícios dos cremes anti-idade são muitos, como, por exemplo:

- Redução das cicatrizes e linhas de expressão;
- Esfoliação da pele;
- Estímulo da produção de colágeno;
- Aumento da absorção de outros produtos.

Não podemos esquecer que existem outros fatores que contribuem para o envelhecimento.

Por exemplo, o fato de se expor ao sol para conquistar uma pele bronzeada é um deles. Já a má alimentação é outro fator fundamental, pois libera radicais livres no organismo, os quais envelhecem a pele.

CREMES ANTI-IDADE ANTIOXIDANTES:

Cremes anti-idade, antioxidantes Reduzir os sinais do tempo na pele é o que muitas pessoas querem, tanto homens quanto mulheres.

As linhas de expressão, as manchas no rosto provocadas pelo sol, as marcas de espinhas da época da adolescência e as temidas rugas são alguns sinais que queremos apagar do rosto.

Do que são formados: Esses cremes costumam ser prescritos logo que a pessoa começa a cuidar da pele, por volta dos seus 20 e 25 anos.

Como o próprio nome já diz, esses produtos são compostos por substâncias antioxidantes, como as vitaminas A, E e C, que são extraídas dos polifenóis.

Como atuam na pele: O principal objetivo dos cremes antioxidantes é atuar na manutenção do estado da pele em determinado momento.

Para ter o seu efeito potencializado, os cremes devem ser aliados ao protetor solar. Esses tipos de produtos são excelentes para serem usados à noite, especialmente os que são fabricados à base de vitamina C.

Benefícios: Os cremes anti-idade, antioxidantes devem ser prescritos após a análise de cada caso. Por exemplo, pessoas com familiares que possuem tendência a olheiras ou à flacidez na área dos olhos, podem usufruir de cremes que ajudam a deixar a pele mais firme.

Além do mais, como foi dito acima, um dos grandes benefícios desses cremes é desacelerar o envelhecimento da pele, que se dá com a perda de colágeno.

A vitamina C é um ingrediente essencial para a produção dessa substância, estimulando a síntese dela.

ALIMENTOS ANTIENVELHECIMENTO:

Tomates: Comer tomates pode ajudar a proteger sua pele. De acordo com uma pesquisa alemã, voluntários comeram uma dose diária de pasta de tomate misturada com azeite de oliva extra virgem ou simplesmente azeite durante 10 semanas.

Após a exposição diária à luz UV, o grupo que comeu tomate teve 40% menos queimaduras do que aqueles que consumiram apenas o azeite.

O ingrediente mágico em tomates é o licopeno, que protege a pele contra a oxidação que resulta dos danos causados pelo sol que leva à rugas. Chuviscar os tomates com um pouco de gordura saudável do azeite ajuda a absorver melhor o licopeno.

Folhas verdes e vegetais crucíferos:  Estes vegetais são repletos de nutrientes e contêm ácido fólico, cálcio e outras substâncias que dão suporte na saúde óssea, protegem contra o declínio cognitivo e ajudam a evitar problemas oculares relacionados com a idade.

Mais significativamente, estes vegetais verdes possuem poderosas propriedades anticâncer.

As dietas ricas em vegetais crucíferos, como brócolis também ajudam a reduzir o risco de perda de memória.

Crucíferos e folhas verdes como couve, acelga, escarola, beterraba e espinafre fazem adições deliciosas para todos os tipos de pratos, incluindo frituras, saladas, sopas e guisados.

Damascos: Esta fruta um pouco parecida com o pêssego pode parecer frágil, mas é um soco potente no antienvelhecimento.

O exterior laranja brilhante dos damascos vem dos carotenoides, poderosos antioxidantes que ajudam a prevenir doenças cardíacas, reduzem os níveis de mau colesterol e protegem contra o câncer.

Nossos corpos convertem o carotenóide em vitamina A, que contribui para olhos saudáveis, pele, cabelo, glândulas e gengivas.

Anos de pesquisa provaram que os damascos possuem os mais altos níveis e a mais ampla variedade de carotenóides que qualquer outro alimento. Eles também são excelentes na regeneração de fluidos corporais, desintoxicam o corpo e matam a sede.

Amêndoas cruas: Amêndoas são embaladas com vitamina E que é difícil de conseguir, e apenas um pequeno punhado oferece metade de sua dose diária. Amêndoas cruas são a forma mais saudável, que entrega um maior conteúdo nutricional de forma pura, não transformada.

Quando pesquisadores escolas médicas buscaram o impacto de diferentes vitaminas e minerais na velocidade, coordenação e equilíbrio em pessoas com 65 anos de idade, o único que fez a diferença foi a vitamina E.

Voluntários, com o mais fraco desempenho físico tiveram os níveis mais baixos de vitamina E, considerando que os participantes mais ágeis tinham quantidades adequadas de vitamina em seu sistema.

Essa vitamina poderosa nos mantém coordenados por neutralizar os radicais livres em nossos músculos e sistema nervoso.

Bagas: Os cientistas descobriram que as bagas têm alguns dos mais altos níveis de antioxidantes de qualquer fruta. Couve e espinafre são os únicos vegetais com valores tão elevados como bagas frescas.

Frutas frescas também são cheias de pigmentos de cor e fitoquímicos chamados antocianinas que têm sido associadas com menor risco de câncer, saúde urinária, memória e envelhecimento saudável.

Bagas são grandes fontes de quercetina, um flavonol que funciona como um antioxidante, protegendo contra o câncer e doenças cardíacas e um anticancerígeno. As propriedades anti-inflamatórias das bagas são pensadas para retardar a perda da função mental que está frequentemente associada com o envelhecimento.

Um relatório de pesquisadores descobriu que os mirtilos podem até ajudar diminuir a deterioração cognitiva da mal de Alzheimer.

E não para por aí. As bagas, ou simplesmente frutos carnudos simples, estão presentes no morango, na amora, framboesa, groselha, cassis e oxicoco.

Azeite de oliva: Os italianos são conhecidos pela sua longa vida útil e capacidade para envelhecer graciosamente, e isto não deve ser nenhuma surpresa, considerando que o azeite tem uma grande presença em sua dieta mediterrânica.

O azeite é embalado com as gorduras melhor formadoras de saúde disponíveis na forma de ácidos graxos ômega-3.

Essas gorduras necessárias não só ajudam a mantê-lo magro e com o coração saudável, reduzindo a inflamação, como também reduzem o colesterol e melhoram a circulação da pele e a digestão.

Todos esses fatores levam a um corpo mais saudável e uma vida mais longa.

Abacate: Abacates transbordam o ômega-3 de qualidade mais alta, é um dos alimentos mais alcalinizantes disponíveis.

Abacates são também muito ricos em vitamina E, que é essencial para uma pele brilhante, um cabelo brilhante e manter as rugas longe do seu rosto.

Salmão selvagem do Alasca: O antioxidante enorme que você terá do salmão selvagem fará sua pele brilhar mais rápido do que quase qualquer outro tipo de peixe.

A tonalidade rosa do salmão selvagem vem de uma dieta de krill rica em nutrientes. Isto oferece uma dose saudável do benéfico pigmento astaxantina, que tem propriedades anti-inflamatórias notáveis.

Outro antioxidante encontrado no salmão, o mineral selênio, protege as células da pele saudável, combatendo os radicais livres. Ele também ajuda na função correta da tireoide, que mantém o seu peso e saúde em geral em ordem.

VITAMINA C:

Um dos principais atributos de uma pele saudável é a sua luminosidade e radiância. No entanto, no processo de envelhecimento ocorre uma diminuição da renovação celular, resultando em uma pele mais seca e áspera. A Vitamina C é uma grande aliada no tratamento anti-idade, já que reforça a sustentação e firmeza da derme, além de possuir ação antioxidante.

Para resgatar a luminosidade, aposte no Concentrado Vitamina C 20 que uniformiza o tom e estimula a produção de colágeno. O produto reduz rugas e firma a pele, pois é concentrado com 20% de Vitamina C. Ele é indicado para todos os tipos de pele, inclusive as oleosas.

Graças à ação antioxidante da Vitamina C, o dermocosmético deixa a pele mais protegida e luminosa, além de reduzir as linhas de expressão. Da linha Derma Complex, o Concentrado Vitamina C 20 ainda possui Ácido Ferúlico, ativo que promove a neutralização dos radicais livres, compostos relacionados com o envelhecimento das células.

ACIDO HIALURÔNICO:

Rugas e linhas de expressões são características marcantes do envelhecimento da pele. Um grande aliado anti-idade na redução desses sinais é o Ácido Hialurônico, uma substância poderosa que recupera o colágeno e a elastina. Quando usado no dia a dia, esse ativo auxilia no combate ao envelhecimento da pele e se torna um potente antioxidante na rotina de beleza.

DHEA:

Produzido pelas glândulas suprarrenais, o DHE, quimicamente conhecido como dehidroepiandrosterona, é um hormônio que atua em diversos mecanismos no organismo e possui diversas propriedades benéficas no sistema imunológico, memória, no combate a doenças cardiovasculares, osteoporose, doenças metabólicas e até mesmo Alzheimer, mas foi apenas em 1996, após a publicação de estudos sobre o DHEA, incluindo sua relação com o envelhecimento, pela New York Academy of Sciences que se deu a validação científica por parte da classe médica, já que até hoje, muitos de suas indicações e benefícios são contestadas clinicamente.

Como atua no organismo: A DHEA é precursora de hormônios sexuais femininos e masculinos importantes como a testosterona, o estrógeno e o estradiol. No decorrer dos anos, a produção de cortisol pela suprarrenal se eleva. Vale lembrar que o cortisol acelera o processo de envelhecimento, enquanto que a produção de DHEA diminui.

O pico de produção de DHEA acontece no início da vida adulta, por volta dos vinte anos e é nesse período que o hormônio está mais presente na corrente sanguínea tanto dos homens, quanto das mulheres. O declínio das taxas de DHEA acontece entre os trinta e quarenta anos de idade. Aos quarenta anos, a produção de DHEA chega a ser a metade de quando tinha vinte anos. Entre os sessenta e sessenta e cinco anos, a produção declina para 10 a 20% do ideal e conforme os anos vão passando, as taxas de DHEA séricas só diminuem.

Como o DHEA pode agir contra o envelhecimento: O DHEA tem a capacidade de reverter o efeito de aceleração do envelhecimento provocado pela elevação das taxas de cortisol de acordo com o aumento da idade. Ele será responsável pela queda da pigmentação característica do envelhecimento e que é mais visível na região facial.

A partir de qual idade é recomendável: A partir dos 35 anos de idade, pois antes disso as taxas de DHEA na corrente sanguínea ainda são suficientes para contrabalancear os efeitos do cortisol.

Dosagem recomendada: Como todo suplemento nutricional, a dosagem ideal é aquela recomendada por especialistas, já que cada organismo tem um estilo de vida, um metabolismo diferente e o histórico médico de cada pessoa são muito peculiares. Em via de regra, considerando um indivíduo sadio, sem doenças metabólicas e/ ou com alterações hormonais, sugere-se 25mg/dia para mulheres e 50mg/dia para os homens, de preferência junto com o café da manhã.

Entre o período de quatro a seis semanas, a suplementação nessas dosagens são suficientes para elevar os níveis hormonais de DHEA similares de quando a pessoa tinha cerca de 30 anos.

RESVERATROL:

No combate ao envelhecimento precoce da pele, o resveratrol é um excelente aliado:

O que é: Trata-se de um poderoso antioxidante que protege da ação dos radicais livres, essencial para completar a sua rotina anti-idade de cuidados com a pele e assim prevenir rugas, linhas de expressão, flacidez, manchas e outros sinais.

Como funciona: O resveratrol funciona como os antioxidantes, de maneira geral. Ele impede que os radicais livres, no processo de metabolização celular, danifiquem as células, causando envelhecimento.

Benefícios para a pele: Encontrado na uva e em outras fontes, o resveratrol é conhecido mundialmente por estimular o próprio corpo a produzir antioxidantes naturais, aumentando as defesas das células contra as agressões externas. O ativo age no DNA da célula, ajudando a combater o envelhecimento biológico, reparando seus efeitos visíveis, como rugas, perda de firmeza e densidade. 

Qual a ação do resveratrol na pele: 

Defesa contra a fotopoluição: As suas propriedades antioxidantes demonstraram ser particularmente eficazes na luta contra os efeitos da fotopoluição, uma das principais influências negativas em ambiente urbano para a nossa pele. Pesquisas recentes, realizadas pela L'Oréal(2), revelaram que o Resveratrol aumenta a ação antioxidante naturalmente existente na pele, dinamizando a sua capacidade de responder (e reparar) os sinais de fotodinâmica ligados à fotopoluição.

Ação contra pigmentação: Outro benefício passa pela redução de problemas de pigmentação, ligados aos danos dos raios UV. Combatendo assim o envelhecimento precoce, causado em grande parte por este agressor e que se manifesta, muitas vezes, em manchas e sinais cutâneos.

COLÁGENO:

Um estudo recente, publicado no Journal of Drugs in Dermatology analisou a suplementação de colágeno para eficácia do tratamento em relação à qualidade da pele, benefícios antienvelhecimento e potencial aplicação na dermatologia médica. Os resultados preliminares apontam que o uso de suplementos orais de colágeno em curto e longo prazo são benéficos tanto para a cicatrização de feridas quanto no combate ao envelhecimento da pele.

O que é: O colágeno é uma proteína de rápida absorção e pode ser encontrada naturalmente no organismo. Ele ainda contribui para a elasticidade e resistência da pele, para a saúde das unhas e cabelos e é responsável por constituir as fibras que sustentam os tecidos do corpo como ossos, músculos, tendões e articulações.

Fonte de colágeno: O colágeno é um produto de origem animal, e é basicamente extraído da pele, cartilagens e tendões de aves, suínos e bovinos.

Há um processo de agregação de água ao colágeno animal, chamado de hidrólise, obtendo-se assim o colágeno hidrolisado, em forma de pó branco.

Indicação: É indicado para pessoas acima de 30 anos. Como suplemento nutricional é indicado para pessoas fisicamente ativas que desejam aumentar o consumo de proteínas, assim como para o fortalecimento de unhas e cabelos. Também é indicado em processos de cicatrização e recuperação de lesões e em processos de emagrecimento.

Benefícios do colágeno Hidrolisado:

Ajuda a firmar a pele: O colágeno é uma proteína produzida pelo próprio corpo e fundamental para a pele. Ele dá firmeza e elasticidade ao tecido, prevenindo a aparição de rugas e estrias. O descompasso é que, com o passar da idade, o organismo começa a perder a substância (1% ao ano a partir dos 35, e 35% a partir dos 50 anos), fazendo com que a suplementação de colágeno se torne essencial, principalmente para as mulheres na menopausa.

Com a suplementação do colágeno hidrolisado, o organismo direciona a proteína para os tecidos carentes da substância. A ciência vem comprovando sua eficácia. Uma pesquisa da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto, da USP, que avaliou os efeitos do colágeno hidrolisado em mulheres de 45 a 60 anos, mostra que após 90 dias de uso houve melhora progressiva na pele.

Fortalece os ossos e articulações: Os benefícios do colágeno hidrolisado vão além de manter a pele saudável e bonita. A proteína é capaz de auxiliar na prevenção da osteoporose e de outras doenças que atingem as articulações, diminuir as dores dos pacientes com osteoartrite (degeneração das cartilagens) e ser um tratamento complementar para doenças reumáticas, como a espondilite anquilosante.

A perda anual de colágeno a partir dos 35 anos interfere na densidade dos ossos, que tende a diminuir, e nas articulações, que se tornam mais frágeis. Como resultado, tendões e ligamentos ficam mais rígidos, ocasionando dores, desgastes e até rompimentos.

Deixa os cabelos e as unhas mais saudáveis: O colágeno hidrolisado em pó ou cápsulas atua como um cosmético a favor da saúde do cabelo e das unhas.

A ação da proteína nos cabelos faz com que os fios fiquem mais resistentes e brilhantes, além de turbinar o crescimento. Para unhas frágeis, o colágeno atua como um suplemento fortalecedor, impedindo que quebrem com facilidade.

Aplicação cosmética:

O colágeno é uma proteína "mágica" para deixar a pele mais firme. Alguns dermatologistas já provaram que, ao usar produtos de beleza que levam o composto em sua fórmula, a pele torna-se mais macia, firme e saudável. O colágeno também ajuda na manutenção do tônus muscular deixando a pele mais firme e menos flácida.

Colágeno em capsulas: O colágeno hidrolisado em cápsulas a forma mais fácil e rápida de suplementar colágeno, pois, além de ser produzido com um tipo de colágeno muito bem absorvido e aproveitado pelo organismo humano, possui a comodidade de ser encontrado em cápsulas que podem ser ingeridas facilmente, onde quer que você esteja.

O colágeno hidrolisado em cápsulas Nutriblue proporciona ainda mais benefícios. Além de ser superconcentrado, possui em sua formulação a vitamina C, que promove o melhor aproveitamento do colágeno. Essa é a cápsula da beleza sua pele.

Mesmo sendo fácil de consumi-lo, para alcançar os resultados, é importante tomar diariamente seguindo a quantidade indicada.

Colágeno em pó: O colágeno em pó, por sua vez, deve ser diluído na água, no suco, ou até mesmo na comida. Ele pode ser encontrado com ou sem sabor.

Uma dica, nesse caso, é prepará-lo com suco rico em vitamina C, como por exemplo, laranja ou limão, para potencializar sua absorção.